O que rolou na primeira semana de SXSW 2019

Resumão da primeira semana — fiz uma seleção dos melhores artigos, palestras e acontecimentos de um dos mais importantes festivais de tecnologia e economia criativa do mundo.

Este resumo tem um simples objetivo, se você é fã deste evento como eu, deve saber o quão difícil é acompanhar tudo que acontece, assistir todas as palestras e ficar por dentro do que está rolando em Austin.

Nesta primeira semana de evento pude notar uma mudança muito importante em relação aos outros anos. Menos tendências tecnológicas e mais conteúdos sobre como lidar com elas, quais serão os próximos desafios dos seres humanos em relação aos avanços da tecnologia.

Depois de muitos conteúdos consumidos, fiz uma lista para compartilhar com você o que mais me chamou a atenção, então vamos a eles:

1- Na era da tecnologia, o próximo desafio são os seres humanos

Matéria completa >>> AQUI

Artigo escrito pela Luciane Aquino Sócia da Orgânica Aceleradora, e colunista no portal B9. Vou colocar aqui alguns trechos importantes para te motivar a ler, mas sendo sincero, é o melhor de toda essa lista!

“As duas primeiras estrelas do maior evento de criatividade e inovação do planeta, no entanto, dominaram o palco principal para falar de… emoções humanas.”

“Estamos desesperados buscando humanização enquanto estamos construindo uma sociedade cada vez mais desumanizada.” afirmou Esther Perel no SXSW

“Nestes primeiros dias de conferência o que posso dizer é que na era da tecnologia temos grandes desafios, e o maior deles parece ser mesmo os seres humanos.”

2- SXSW 2019: Como a Intel pretende redefinir o futuro do vídeo

Matéria completa >>> AQUI

Seja você um apaixonado por filmes, um maratonista de seriados ou apenas um noveleiro de plantão, corre agora e leia este artigo, agora! Por que tudo irá mudar!

3- Somos capazes de fazer muito mais pelo planeta e pela sociedade

Representando a nova esquerda congressista dos EUA, a jovem deputada democrata Alexandria Ocasio-Cortez foi aplaudida diversas vezes, ela trouxe assuntos como políticas públicas que prolongam as divisões de classe e de raça, o diálogo com pessoas que discordam do seu posicionamento político, os desafios das mulheres negras e a coragem para construir uma nova trajetória política.

A conversa tem duração de 70 min e vale cada segundo!

4- 4 dicas para ser bem-sucedido, segundo Tinker Hatfield, vice-presidente da Nike

Além de vice-presidente de uma das maiores marcas do mundo, a Nike, Tinker é um dos designers mais respeitados do mundo. No currículo, ele carrega a criação de vários modelos blockbusters, como o Nike Air e diversas séries do Air Jordan.

Nesta conversa ele trás 4 regras simples para ser bem-sucedido:

1- Viva a vida!
2- Quebre algumas regras 
3- Garra nunca é demais
4- Não tenha medo de errar

Se te interessa, e quer aprofundar ais em cada conceito, dê o play.

5- “A privacidade está morta”, diz a futurista Amy Webb

O que mais me chamou a atenção é que esta notícia não é negativa. Isso mesmo que você acabou de ler. Ela apresentou duas das principais tendências para o futuro: o fim da privacidade e a ascensão das casas inteligentes.

As respostas ainda estão em aberto, mas as pesquisas de Amy traçam alguns cenários possíveis de definições sobre como será o nosso futuro e a probabilidade de cada um deles ocorrer.

Cenário otimista: a coleta de dados é transparente. As pessoas entendem como, quando, onde e por que elas são reconhecidas e monitoradas. É o fim das senhas! Dos cartões de embarque e dos cartões de crédito. O reconhecimento biométrico é seguro. A privacidade morreu, mas estamos bem. Probabilidade: 10%

Cenário neutro: nós preservamos o status quo. As informações biométricas estão na mão de apenas alguns provedores. Nossas informações não são interoperáveis, a autenticação é chata e pode ser hackeada de várias maneiras. Probabilidade: 50%

Cenário catastrófico: as empresas trabalham ativamente para evitar que haja a proteção de seus dados biométricos. Não temos a menor noção de onde nossas informações estão e quem as possui. Surge uma nova classe social e econômica. Os ricos conseguem comprar produtos premium, para manter seus dados biológicos anônimos. Todos os outros têm suas informações exploradas. Países autoritários criam banco de dados para monitorar seus cidadãos. Probabilidade: 40%

Se quiser saber mais matéria completa aqui >>>> AQUI


Estas foram pra mim os principais assuntos da primeira semana. Não trouxe aqui nada sobre o futuro do áudio, pois isso merecerá um artigo completo, pois pode acreditar, o áudio comandará o mercado em poucos anos.

Depois de te deixar curioso me vou ❤


Instagram: @luisfmenti | Twitter: @mentiluis
Wpp +55 54 999 331 619 | luisfernando@agenciaplanum.com.br
www.agenciaplanum.com.br

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *