1984, de George Orwell: distopia ou utopia

Uma obra prima de George Orwell é um dos livros mais importantes do século XX! Mesmo sendo escrito há várias décadas, mas continua sendo atual, por tratar de um assunto que estão ainda em debate na sociedade.

Orwell criou um mundo que está centrado na figura do “Big Brother”, um autocrata onipresente que lidera o regime político totalitário e repressivo que impera ao longo da história – O Partido.

É difícil não ficar chocado com a “Novilíngua” e a “Teoria das Guerras”, que são conceitos apresentados pelo autor e usados pelo Partido para controlar a população que vive sob o domínio do “Grande Irmão”.

O centro da discussão que eu quero fazer aqui é LIBERDADE, o quanto ainda temos liberdade na era digital? As instituições estão a todo o tempo analisando dados que geramos e sabendo o que comemos, aonde vamos, quando vamos com que falamos e até o que falamos.

Mas aonde quero chegar? 1984 traz uma realidade que para época era distante e improvável mas os avanços tecnológicos trouxeram as “teletelas” para nossos bolsos, os smartphones hoje são uma extensão do nosso corpo e estão conectados a nós 24 horas 7 dia na semana e, vou usar a palavra “vigiar” mas leiam isso no bom sentido da palavra, nós vigiam o tempo todo e isso tem o lado bom e o lado ruim.

O lado bom é que vamos estar conectado a um grande banco de dados que cada vez vai ser mais inteligente a ponto de entender nosso padrão de comportamento e facilitar o nosso dia-a-dia, como por exemplo recentemente o Google apresentou o seu assiste reservando um restaurante e um salão de beleza, isso tudo e baseados nos dados que eu gero para o assistente. Em 2018 a SXSW trouxe a tona a realidade de “A comunicação em um mundo sem telas“, e para isso acontecer vamos ter que nos aproximar mais dos assistentes pessoais e deixar as “teletelas” nos “vigiar”.

O lado ruim disso tudo, infelizmente sempre tem o lado ruim e precisamos estar consciente que existe é a privacidade, o quanto vou conseguir manter em sigilo algumas informações e o quanto vai me afetar essa “vigia” das “teletelas” modernas ? A resposta merce um debate e um artigo para falar disso, mas aqui no brasil temos a  Lei nº 13.709/2018( Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais)..

Estamos ainda muito longe de está totalmente inserido no mundo high tech e com certeza precisamos nos preocupar com os contras que a tecnologia nos trás. Deixo um artigo que trata desse assunto do meu sócio/amigo Junior Pelissari. Temos que aceitar que não são só coisas boas que a tecnologia promove temos que estar atento a realidade dos fatos.

Acredito que  George Orwell foi um dos grandes do gênero da distopia e 1984 é um livro que cruza gerações por cada vez ser mais atual. Infelizmente andamos flertando com o autoritarismo é valido refletir se esse é caminho.

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *